deportes

Relações entre a Europa e a Argentina não estiveram tão bem em muito tempo, destacou comissária da

Por Agencia Télam

13-07-2019 03:00

A comissária europeia de Justiça, Consumidores e Igualdade de Gênero, Vera Jourová, destacou hoje em Buenos Aires que as relações entre a União Europeia (UE) e a Argentina "não estiveram tão bem em muito tempo" e destacou o "papel muito importante" do país para atingir o acordo de livre comércio entre o Mercosul e a UE.

Os acordos comerciais europeus "sempre estão traçados como acordos lucro-lucro, pensados para que sejam pontes e não muros", afirmou a funcionária e disse que o pacto procura "enviar um sinal muito forte para todo o mundo de que a Argentina e a Europa compartilham os mesmo valores e estão prontos para investir e criar emprego".

A funcionária da Comissão Europeia -o órgão que representa o Executivo do velho continente- destacou que "tanto na UE quanto na Argentina reconhecemos que o direito da proteção de dados pessoais é um direito humano individual", e considerou que "proteger a privacidade das pessoas é um imperativo democrático, e também uma necessidade econômica, uma condição para o desenvolvimento".

E salientou que a Argentina faz parte de um grupo de 11 países com os quais existem vários "padrões normativos similares" em matéria de privacidade, antecipado que após a aprovação em 2018 do Regulamento Geral de Dados Pessoais (RGDP) na UE, foi aberta uma período até maio de 2020 para rever acordos sobre o assunto e atualizar normas. (Télam)